E-mail: circulopsi.ba@veloxmail.com.br

Jornadas




XXIII JORNADA
21 e 22 de OUTUBRO de 2011
Auditório do Centro Integrado de Saúde Professor Fernando Filgueiras
Rua Eduardo José dos Santos 147 - Garibaldi, Salvador, Bahia

O TEMPO DA PSICANÁLISE
Dizer que o inconsciente é atemporal, ou como disse Freud em 1915 que o inconsciente ignora o tempo, pode sugerir, em princípio, que ele estaria livre de uma das mais importantes limitações naturais do homem. Na verdade, este atemporal, nos mostra que ele possui a um só tempo, todos os tempos, como se em vez de ser um atributo ou uma disponibilidade, como no plano consciente, é uma fruição permanente. Assim os acontecimentos, épocas, ou lembranças em vez de sucessões, se sobrepõem a uma concomitância difícil de ser pensada.

Sem essas condições excepcionais do inconsciente, o exercício da psicanálise, a relação transferencial, ou a posição do sujeito analista ou cliente estão impregnadas das limitações temporais (tempo de análise, de formação, de sessão, de interpretar ou timing, além das vinculações históricas do sujeito em análise com todas as suas limitações temporais.

Filosoficamente, também se tem tomado o tempo como circunstância, aquilo que desaparece frente ao acontecimento em si. Aqui, desgraçadamente, vamos à conceituação do filósofo-dicionarista Lalande, que o entende como o período que vai de um evento anterior a um evento posterior, ou seja, um intervalo subjacente que nada é em si. Em rumo mais elementar associamos: duração, período, decurso, transcurso, prazo, fase, lapso, formando nosso próprio dicionário analógico.

Para nós psicanalistas, outro bom caminho para reflexão sobre o tema está em Santo Agostinho que o identifica com "a própria vida da alma" que se estende para o passado, que não existe mais ou para o futuro que ainda não existe. Um tema abrangente para a XXIII Jornada, que inclui até nossa temporalidade como instituição, ou a psicanálise na Bahia. Resumindo, a implicação da psicanálise, ou nossa implicação com o tempo, na sábia definição de Pitágoras: o tempo como "a esfera que abrange tudo"

Carlos Pinto Corrêa

CÍRCULO PSICANALÍTICO DA BAHIA
PRESIDENTE: Miriam Gorender
COMISSÃO CIENTÍFICA:
Carlos Pinto Corrêa, Maria Clarice Baleeiro, Ana Lúcia Sampaio, Maria Lúcia Guedes Machado Mello, Vera Mendes

CONFERENCISTA
Malvine Zalcberg. Psicóloga, Psicanalista, Doutora em Psicanálise.
Professora Adjunta do Instituto de Psicologia da UERJ durante 26 anos, dos quais 20 no Serviço de Psiquiatria do Hospital Universitário e 6 no Instituto de Psicologia como Coordenadora do Curso de Especialização em Psicanálise.
Autora dos livros: A relação mãe e filha (Rio, 2003), Amor paixão feminina (Rio, 2008)e Qu´est-ce qu´une fille attend de sa mère? (Paris, 2010).

CONVIDADOS COM PARTICIPAÇÃO CONFIRMADA
Aurélio de Souza
Elaine Foguel
Jairo Gerbase
Lúcia Azevedo
Marcus do Rio Teixeira
Sonia Campos Magalhães
Sônia de Araujo Vicente
Maria Thereza Ávila Dantas Coelho
Urânia Tourinho Perez
Vera Dantas Motta


PROGRAMAÇÃO
Local Auditório do Centro Integrado de Saúde Professor Fernando Filgueiras
Rua Eduardo José dos Santos 147 – Garibaldi
21 e 22 de Outubro 2011

O TEMPO DA PSICANÁLISE
PRESIDENTE: Miriam Gorender
COMISSÃO ORGANIZADORA: Carlos Pinto Corrêa, Ana Lúcia Sampaio, Clarice Baleeiro, Gabriel Camara, Maria Lucia Mello

DIA 21 SEXTA- FEIRA
Das 8:00 ás 10:00
Palestra da Dra. Malvine Zalcberg: “Por que os homens e mulheres vivem o amor de modos diferentes?”
Local: U.A. Brotas Sala 206 Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Das 15:00 ás 16:00
INSCRIÇÕES E RECEBIMENTOS DE CREDENCIAIS

Das 16:00 ás 18:00
1 Sonia Vicente - Tempo
2 Maria Thereza Ávila – O parricídio na obra de Freud
3 Romina Echevarria – Feminilidade, um enfoque contemporâneo
4 Elaine Foguel – A banda de Mahler e o violino sinistro
COORDENADOR: Ana Sampaio

Ás 18:00 ABERTURA DA JORNADA
Miriam Gorender – Tempo e Memória
Virginia Lúcia Britto - Lançamento da Historia do Circulo Psicanalítico da Bahia – Site do círculo.
COORDENADOR: Carlos Pinto

AS 19:00 Palestra de abertura
Doutora. Malvine Zalcberg: “O tempo da contingência do encontro amoroso”
APRESENTAÇÃO: Eny Iglesias

CONGRAÇAMENTO

DIA 22 SÁBADO
Das 8:30 ás 10:00
1 Marcus do Rio – Woody Allen e o Kairós
2 Rui Diamantino – Tempo, Tempo,Tempo,Tempo: O tempo na análise em tempos Líquidos
3 Gabriel Câmara – O trauma a fantasia e as duas modalidades de funcionamento psiquíco
COORDENADOR: Lúcia Mello

10:00 - INTERVALO
Das 10:30 ás 12:00
1 Jairo Gerbase – “O que faz laço na escola”
2 Marli Piva – “ O tempo foracluído da Psicanálise”
3 Cibele Barbieri – “A função do tempo na constituição do sujeito”
COORDENADOR: Vera Mendes

Das 12:30 ás 14:00 ALMOÇO
Das 14:00 ás 15:30
1 Gildete Carvalho – “Ele pirou na batatinha - fala de um menino de 8anos em final de análise”
2 Sonia Magalhães – “A transitoriedade e o bem-dizer”
3 Aurelio Souza – “Em ato... superfície e tempo”
COODENADOR: Clarice Baleeiro

Das 15:30 ás 16:30
1 Urania Tourinho – “Errância de um Psicanalista”
2 Lúcia Azevedo – “Tempo, movimento e faixa de Moebius” 3 Wagner Ferraz – “O Instante da Criação”
4 Luiz Sergio Souza – “A associação de ideias em Hume, Freud e na Literatura”
COORDENADOR: Maria Thereza Velloso

16:30 - INTERVALO
Das 17:30 às 19:00
1 Julio Eduardo de Castro – “A Psicanálise e o Tempo”
2 Dalva Monteiro – “(Passa) Tempo – Metáfora da existência”
3 Vanessa Santoro – “Fio do desejo”
4 Maria Lúcia Martins – “Kairós – fragmentos de uma viagem ao caos”
COORDENADOR: Albenor Fonseca

19:00 Mesa comemorativa dos 40 anos do Círculo Psicanalítico da Bahia
Presidente Miriam Gorender
Fundadores: Adilson Sampaio
Carlos Pinto
Eny Iglesias
Mary Sampaio

INSCRIÇÕES
As inscrições poderão se feitas até o dia 19 de outubro na sede do Círculo Psicanalítico da Bahia, Avenida Ademar de Barros, 1156 sala 201- Ondina, Salvador, Bahia
Fone (71) 3245-6015
E-mail circulopsi.ba@veloxmail.com.br

INVESTIMENTO
InscriçõesAté 15 de setembro Até 19 de outubro
Membros do CPB R$ 120,00 R$ 150,00
Não Membros R$ 150,00 R$ 180,00
Estudantes- Alunos do CPB R$ 50,00 (2X R$25,00) R$ 70,00


APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS
Nossa jornada funcionará com sistema de mesas temáticas com três ou quatro participantes. Para apresentação de trabalhos de temas livres os autores deverão providenciar:
- Inscrição na Jornada
- Encaminhamento de resumo do trabalho até o dia 20 de setembro próximo, com o título do trabalho, nome do autor/autores e créditos para cpintoc@uol.com.br.
- Cada participante disporá de 20 minutos para exposição e tempo para debate.
- Os trabalhos a serem publicados deverão ser apresentados em ABNT 2, encaminhados à Comissão Científica em Word (Times New Roman) 12, contendo o nome do autor/autores, o título, o resumo em Português , resumo em Inglês ou Frances, palavras-chave e bibliografia. Encaminhar via internet para cpintoc@uol.com.br.
Tel: (71) 3245.6015


Jornadas do CPB- Histórico

I JORNADA - 1986.
Reflexões sobre a família psicanalítica: o modelo, a crise e a solução

II JORNADA - 1988
Algumas questões críticas no excercício da psicanálise

III JORNADA -1989
Algumas questões da Técnica Psicanalítica

IV JORNADA - 1990
Transferência

V JORNADA - 1991
Transferência

VI JORNADA -1992
Ética e Instituição Psicanalítica

VII JORNADA - 1994
Transmissão e Formação

VIII JORNADA - 1996
A Topologia e a Estrutura

IX JORNADA - 1997
O Desejo e suas Vicissitudes

X JORNADA - 1998
Psicanálise e Criação

XI JORNADA - 1999
Clínica: eu faço assim

XII JORNADA - 2000
A Função Paterna

XIII JORNADA - 2001
Gozo e Sexualidade

XIV JORNADA - 2002
O Viés Perverso da Sexualidade

XV JORNADA - 2003
Rumo ao Admirável Mundo Novo

XVI JORNADA - 2004
Restos e ecos do XV Congresso

XVII JORNADA - 2005
Meandros e caminhos do desejo

XVIII JORNADA - 2006
Novas dificuldades da Clínica Psicanalítica

XIX JORNADA - 2007
Artes da Psicanálise

XX JORNADA - 2008
Humor e Psicanálise

XXI JORNADA - 2009
A Paixão

XXII JORNADA - 2010
Poder e Psicanálise

XXIII JORNADA - 2011 (comemorativa dos 40 anos )
O Tempo da Psicanálise

Na foto comemorativa: Miriam Gorender, Giana Neves, Carlos Pinto e Cleide

XXIV JORNADA - 2012

Ecos do XVII Fórum de Psicanálise da IFPS.